Esquenta Bancos

O Esquenta Bancos é um podcast semanal em que a proposta é reunir os amigos e debater o futebol do nosso jeito. Toda quarta-feira nós trazemos discussões não só sobre as rodadas da semana, como também programas especiais sobre história e política envolvendo o mundo da bola, personagens icônicos e discussões mais aprofundadas sobre esse esporte que mexe tanto com nossos corações e nervos. 

Comédia e Esportes e Recreação

Assine:

Episódios Mostrando página 1 de 6 (51 episódios)

#51. FIFA 19, Cristiano Ronaldo e futebol brasileiro

No programa dessa semana, Luan Alencar (@luan_alencar), Alfredo Gomes (@alf_gsn) e Daniel San (@san_hermeson) sentam no banco mais quente da podosfera brasileira para mais uma parada técnica, aquele programa sem pauta, onde a gente comenta o que está acontecendo atualmente no mundo da bola. Então falamos da denúncia de assédio envolvendo Cristiano Ronaldo; demos nossas primeiras impressões do FIFA 19 e abordamos um pouco sobre as novidades do campeonato brasileiro que está de novo líder. Além disso ainda comentamos um pouco sobre Dorival no Flamengo, a crise política no Vasco e o novo terceiro uniforme do Corinthians.

#50. Especial 50 episódios analisando jargões do futebol

No programa dessa semana, Luan Alencar (@luan_alencar), Alfredo Gomes (@alf_gsn), Yago Pontes (@yagopontes94), Daniel Correia (@danielcorreia43) e Daniel San (@san_hermeson) sentam no banco mais quente da podosfera brasileira para comemorarem as 50 edições de Esquenta Bancos! Essa trajetória até aqui muito orgulha a todos nós e temos muito o que a agradecer a você, ouvinte e aos amigos que já sentaram nesse banco. Foram 50 programas falando sobre futebol do nosso jeito, debatendo, discutindo, levando informação, opinião e conteúdo pros seus ouvidos. 

Então pra comemorar esse número simbólico, aliviando um pouco a tensão do episódio passado, resolvemos brincar de analisar jargões do futebol, tais quais: "2 a 0 é placar perigoso?", "futebol é uma caixinha de surpresas?" ou "existe saber sofrer?" e por aí vai. Portanto, pra dar umas risadas com a gente mete o dedo no play e rumo a mais 50 programas!  

#49. #EleNão e a intolerância no futebol brasileiro

No programa dessa semana, Luan Alencar (@luan_alencar), Alfredo Gomes (@alf_gsn) e Yago Pontes (@yagopontes94) sentam no banco mais quente da podosfera brasileira para analisarem a crescente onda de apoio a movimentos fascistas e intolerantes dentro do futebol brasileiro. Isso porque na última rodada do brasileirão, no clássico entre Atlético Mineiro e Cruzeiro, a torcida do galo proferiu gritos homofóbicos que citavam o candidato à presidência Jair Bolsonaro e dizia que este iria “matar viado”. No mesmo domingo, o atleta Felipe Melo, que marcou o gol de empate na partida entre Palmeiras e Bahia, ao ser entrevistado na saída de campo, dedicou o gol ao “nosso futuro presidente, Bolsonaro”. Os dois eventos poderiam se tratar de uma infeliz coincidência, mas ao que tudo indica, está longe de ser o caso. 

A candidatura de Jair Bolsonaro representa uma série de ideias fascistas, de intolerância e desrespeito às minorias, o que motivou, por exemplo, o movimento Ele Não, criado por um grupo de mulheres que repudiam as ideias do candidato. O grupo já conta com mais de dois milhões e meio de membros no Facebook, e esta edição do Esquenta Bancos é nossa humilde contribuição ao movimento, uma vez que toda essa movimentação política, obviamente acaba reverberando no mundo do futebol. Para isso contamos com contribuições de pessoas muito queridas que participarão ao longo do programa. A professora de história e atleticana Bárbara Siqueira (@bssdutra) e o jornalista, ativista LGBT e coordenador do coletivo Palmeiras Livre, William de Lucca (@delucca).

#48. Cartolouquização do futebol

No programa dessa semana, Luan Alencar, Alfredo Gomes, Daniel Correia e Daniel San sentam no banco mais quente da podosfera brasileira para falarem sobre a "cartolouquização do futebol". Com a popularidade do conteúdo jovem e bem humorado dos canais de YouTube, o jornalismo esportivo está sendo cada vez mais pautado pelas redes sociais, zoações e o que quer que prenda a atenção dos millennials. Estaria essa onda imbecilizando o jornalismo esportivo ou é uma tendência natural buscar uma identificação maior com o público da internet? O jornalismo esportivo precisa ser sisudo ou há espaço para bom humor? Pra ouvir um papo sobre tudo isso e muito mais, é só dar o play e contar pra gente o que você achou do episódio. 

#47. Santos prejudicado

No programa dessa semana, Luan Alencar, Alfredo Gomes, Yago Pontes e Daniel San sentam no banco mais quente da podosfera brasileira para mais uma parada técnica. Aquele programa sem pauta, em que conversamos sobre o que está acontecendo nos últimos dias. Então é claro que falamos da punição da Conmebol ao Santos, que acabou resultando na eliminação do time da Libertadores, além de um papo sobre dancinhas nas comemorações, terceiros uniformes e convocação de Richarlison para o lugar de Pedro na seleção brasileira. 

#46. Renovação da seleção e calendário brasileiro

No programa dessa semana, Luan Alencar, Alfredo Gomes, Daniel San, Yago Pontes e Daniel Correia sentam no banco mais quente da podosfera brasileira para falarem sobre a convocação de Tite para os amistosos contra Estados Unidos e El Salvador. Comentamos sobre este início de renovação, que finalmente contou com nomes como Lucas Paquetá, Éverton e Arthur, mas ainda traz nomes contestados, como Willian e Renato Augusto. Além disso, claro, falamos sobre os desfalques importantes que a convocação acarretará para times que estão disputando a Copa do Brasil, e como a bagunça do calendário brasileiro atrapalha o futebol nacional. 

#45. O fim do Esporte Interativo

No programa dessa semana, Luan Alencar, Alfredo Gomes, Yago Pontes e Daniel Correia sentam no banco mais quente da podosfera brasileira para falarem sobre o fim do Esporte Interativo. Após onze anos no ar, a emissora não terá mais canais na televisão, migrando parte de sua programação para Space, TNT e para as redes sociais. Foi o fim de uma bonita jornada, que trouxe visibilidade para o futebol do Norte/Nordeste, inovou nas transmissões de e-Sports, além de terem sido o primeiro canal esportivo 24 horas no ar da televisão aberta. Com o fim do Esporte Interativo como conhecíamos, resta especular como se dará essa nova empreitada, com a parceria do canal com o Facebook e as transmissões esportivas via rede social. Será uma nova revolução na forma como se assiste futebol no Brasil?  

#44. O futebol é uma mãe?

No programa dessa semana, Luan Alencar, Alfredo Gomes, Daniel Correia e Daniel San sentam no banco mais quente da podosfera brasileira para questionarem se o futebol é uma mãe. A aposentadoria de Obina, o retorno de Felipão ao Palmeiras, a ida de Higuaín para o Milan e Giroud levantando a taça de campeão do mundo, nos fazem pensar acerca desses personagens tão questionados, criticados, e até folclóricos, que parecem sempre ter uma segunda chance no mundo da bola. 

#43. Robozão na Juve e desculpas patrocinadas de Neymar

No programa dessa semana, Luan Alencar, Alfredo Gomes, Yago Pontes e Daniel Correia sentam no banco mais quente da podosfera brasileira para fazerem aquela Parada Técnica, o programa onde falamos sobre vários assuntos que vem acontecendo nos últimos dias. Então é claro que falamos da ida de CR7 para a Juventus, mercado da bola, um pouquinho de campeonato brasileiro e, claro, o pedido de desculpas patrocinado do eterno menino Ney. 

#42. França campeã e balanço da Copa

No programa dessa semana, Luan Alencar, Alfredo Gomes, Daniel San e Daniel Correia sentam no banco mais quente da podosfera brasileira para darem adeus à Copa do Mundo da Rússia. Foi um mês vivido intensamente, com muitas histórias pra contar. Uma Copa atípica, mas histórica. Se não tivemos muitos jogos plasticamente atrativos, tivemos uma Copa política e relevante pro cenário em que vivemos. Foi a Copa dos imigrantes, dos protestos, das mulheres nos estádios, e da França campeã. No programa falamos da disputa de terceiro lugar, da final entre França e Croácia, e conversamos sobre o que esse mundial significou para cada um de nós. 
Próxima página

Megafono