gerocast

Um canal para você ouvir os melhores 
especialistas em longevidade do Brasil

Host: Willians Fiori   
https://twitter.com/FioriWillians

Contato : https://www.facebook.com/gerocastbr/

Grupo Facebook Gerocultura : https://www.facebook.com/groups/boardenvelhecimento2.0/

E-mail : fioriwillians@gmail.com

11 992654669





Saúde Alternativa, Administração e Marketing e Ciência e Medicina

Assine:

Episódios Mostrando página 1 de 16 (155 episódios)

Digitalidade - Cursos de tecnologia para maduros

Empoderar a maturidade frente aos avanços tecnológicos com inovação, integração e (re)inclusão digital. Juntos, vamos co-criar experiências realizadoras, contribuindo para o resgate da independência e fortalecimento da autonomia dos adultos 60+.

https://digitalidade.com.br/

Cohousing - Novo conceito de morar - +50 Faz Muito Bem #02

No Brasil já se percebe uma nova tendência por moradias compartilhadas. Conversei com o professor Bento da Costa Carvalho Junior que coordena a Vila ConViver (iniciativa da Adunicamp) que tem o conceito de cohousing e com a artista plástica Mari Pini da Casa Tucuna que pratica o coliving.

Eles contam peculiaridades dessas novas formas de morar. Por um lado, estimula o convívio social combatendo solidão, depressão e criando oportunidades. Por outro, conviver em comunidade é um aprendizado incrível também no enfrentamento de conflitos. O individualismo atroz dá lugar a um novo jeito mais coletivo. Fácil? Não. Tanto que, como conta o professor Bento, muitas das comunidades (cohousing) americanas se desfazem após 10 anos.

Boas soluções passam por vários critérios: por exemplo, fazer um bom estatuto que requer um rico processo de discussão e planejamento até se chegar a um consenso.

E para saber mais, vale assistir ao programa +50 Faz Muito Bem! Bem-vindos!

Transformando dor em amor: Um caminho de superação e Longevidade!

Bate papo unico e extremamente emocionante , uma historia de vida que se depara com a historias de muitas mulheres 

O grande sonho de vida da Giselle é ajudar a melhorar a vida das pessoas! Ela encontrou no segmento da 
Longevidade uma paixão que alimenta seu propósito de vida em comunhão com sua profissão. Seu IKIGAI! 
Uma mulher determinada, apaixonada pela vida, que acredita no potencial e na força de regeneração do ser 
humano porque se considera a prova viva disso. Giselle nasceu em meio ao universo sênior, e apesar das 
vivências desafiadoras, resolveu canalizar suas energias do cuidar para o bem ao descobrir sua grande 
missão de vida: CUIDAR. 
Giselle compartilha sua vida e sua trajetória de superação com o objetivo de ajudar 
pessoas a reconstruírem suas histórias de vida, transformando os percalços em novas possibilidades.
É sobre perdão, autoconhecimento, resiliência e reflexão sobre como podemos superar traumas e 
ressignificar as nossas dores na construção de um novo caminho que traga paz.
Ela diz que muitos plantaram boas sementes nela que deram frutos e foram responsáveis por quem ela é 
hoje. Sua história de superação é a semente de vida que ela quer oferecer para o mundo!

Sobre Giselle:
Hoje ela atua em BH como Empreendedora de negócios de impacto social em Longevidade, Terapeuta Ocupacional, CEO/Founder 
do Motivato e Hold Hands, embaixadora do Movimento Lab60+ BH e palestrante.

Rede Cidadã - Geração de renda - Trabalho - Daniele Aguiar

A Rede Cidadã é uma Entidade de Assistência Social, que desenvolve programas e projetos de forma continuada, permanente e planejada. Somos uma das primeiras organizações a investir no trabalho social em rede e desde 2002 reunimos sociedade civil, empresas, órgãos públicos, organizações sociais e voluntários, para trazer soluções em geração de trabalho e renda.

Nossa organização se destaca por investir não apenas na formação técnica de quem participa de seus cursos. Entendemos que tão importante quanto isso, é o resgate dos sonhos das pessoas e seu desenvolvimento socioemocional e comportamental. Para nós, vida e trabalho são um só valor e devem andar juntos para promover a realização profissional e pessoal do ser humano.
http://www.redecidada.org.br/programas-e-projetos/

Rede Longevidade - Impacto Social

Diretamente do Expo Longevidade , batemos um papo com a Michele Queiros , grande entusiasta de temas ligados a impacto social e que criou uma rede de acoes , impactos e atividades que tem mudado a vida de muitas pessoas.

A Rede Longevidade é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos.
Nosso propósito é conscientizar e engajar indivíduos e organizações para uma cultura pró-longevidade.
Contexto | A Revolução da Longevidade
A Revolução da Longevidade traz oportunidades e desafios das mais diversas naturezas: sociais, econômicos, políticos e culturais, demandando de toda a sociedade um engajamento com a causa.
A Rede Longevidade surge com uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, com o Propósito de conscientizar e engajar indivíduos e organizações para uma cultura pró-longevidade. 
https://redelongevidade.org.br/a-rede/

Cohousing - Novo conceito de morar - +50 Faz Muito Bem #01

No Brasil já se percebe uma nova tendência por moradias compartilhadas. Conversei com o professor Bento da Costa Carvalho Junior que coordena a Vila ConViver (iniciativa da Adunicamp) que tem o conceito de cohousing e com a artista plástica Mari Pini da Casa Tucuna que pratica o coliving.

Eles contam peculiaridades dessas novas formas de morar. Por um lado, estimula o convívio social combatendo solidão, depressão e criando oportunidades. Por outro, conviver em comunidade é um aprendizado incrível também no enfrentamento de conflitos. O individualismo atroz dá lugar a um novo jeito mais coletivo. Fácil? Não. Tanto que, como conta o professor Bento, muitas das comunidades (cohousing) americanas se desfazem após 10 anos.

Boas soluções passam por vários critérios: por exemplo, fazer um bom estatuto que requer um rico processo de discussão e planejamento até se chegar a um consenso.

E para saber mais, vale assistir ao programa +50 Faz Muito Bem! Bem-vindos!

Menopausa | +50 Faz Muito Bem | Dr. César Eduardo Fernandes | Thaiana Brotto- Part #2

Nesta edição do programa "+50 faz muito bem", Lina Menezes recebe o Dr. César Eduardo Fernandes, ginecologista e Presidente da FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e Thaiana Brotto, psicóloga pós-graduada pela USP em terapia comportamental, para falar sobre a menopausa.

Menopausa | +50 Faz Muito Bem | Dr. César Eduardo Fernandes | Thaiana Brotto

Nesta edição do programa "+50 faz muito bem", Lina Menezes recebe o Dr. César Eduardo Fernandes, ginecologista e Presidente da FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e Thaiana Brotto, psicóloga pós-graduada pela USP em terapia comportamental, para falar sobre a menopausa.

Link do programa em video https://www.youtube.com/watch?v=q4ukvBH-4a8

Helpmy App | Busca por cuidadores | Tecnologia | Raquel Azevedo

Enfermeira Gerontóloga pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (2014). Consultora em Sistemas de Gestão da Saúde do Idoso. Mestre em Enfermagem pela UFMG (2010). Especialista em Gerontologia pela FCMMG (2006). Graduação em Enfermagem pela Pontifícia Universidade Católica - MG (2002). Enfermeira do Programa Mais Vida: SMSA / SES / HC. Preceptora da Residência Integrada Multiprofissional em Saúde do HC/UFMG. Membro Colaborador do Núcleo de Geriatria e Gerontologia da UFMG. Experiência na área de Enfermagem e docência, com ênfase em enfermagem gerontológica, atuando principalmente nos seguintes temas: gerontologia, envelhecimento, saúde do idoso e cuidador de idosos.
Fundadora e socia da Helpmy - App inovador no Brasil que ajuda familiares e cuidadores de adultos

http://helpmy.com.br/



Trampolim60mais | Preparação para aposentadoria

Cecília Xavier

Começo dizendo que sou uma otimista com o poder de transformação das ações de cada um a partir de seus desejos. Prefiro acreditar e fazer acontecer a me queixar passivamente do que não posso controlar.

Trabalho na área da saúde desde 2003 como terapeuta ocupacional em Belo Horizonte-MG e sou apaixonada pelo contato com as pessoas e pela possibilidade de contribuir para que vivam melhor.

Meu foco de trabalho é preparar as pessoas para os desafios da aposentadoria, preservando a vitalidade a partir de atividades significativas após essa transição. Assim surgiu o “Trampolim60mais”, dentre várias outras frentes profissionais em instituições públicas, privadas e como autônoma.

Sim, deu pra fazer especializações dentro e fora do Brasil e um mestrado na UFMG. O importante e mais prazeroso é levar essa bagagem para o cotidiano de quem precisa. É unir teoria e prática.

Como parte desse objetivo sou produtora de conteúdo do www.aterceiraidade.com e editora do www.amominhaidade.com.br. Sou feliz e cresço com os 60+. Laço que não se desfaz.

Para acessar meu currículo completo é só clicar: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4446696Z0

Forte abraço,

Cecília Xavier

O que é Terapia Ocupacional?

O terapeuta ocupacional atende pessoas que, por algum motivo, não conseguem realizar as atividades que precisam e/ou desejam em seu cotidiano. Alguns desses impedimentos podem advir de doenças como o Alzheimer, de transtornos mentais ou simplesmente da incapacidade de gerir a própria rotina de forma satisfatória, como acontece, frequentemente, com pessoas que se aposentam. O terapeuta ocupacional tem o foco na reserva de saúde das pessoas, potencializando suas habilidades e buscando compensar as limitações dentro da autonomia possível a cada um.

Uma das grandes premissas da profissão é que o ser humano é um ser ocupacional e precisa realizar atividades para viver com saúde e qualidade.

Ocupação humana inclui todas as atividades da vida diária, nas quais pessoas de qualquer idade estão envolvidas e que permitem a adaptação ao meio ambiente, para serem produtivas e obter satisfação. (Associação de Terapia Ocupacional do Chile, 1998).

O terapeuta ocupacional trabalha na promoção de saúde para manter o sujeito conectado a projetos, que nada mais são do que atividades significativas vinculadas à sua história e interesses, que o engajam à vida e geram saúde. É um profissional que busca construir uma relação satisfatória do sujeito com o que ele faz.


Próxima página

Megafono