Hiperbólico

Quem somos?

Pergunta interessante. Pergunta profunda e filosófica. Mas deixando de lado muitos “ês” e “porquês” podemos dizer que o Hiperbólico é feito por pessoas comuns que buscam, contrariamente, sair um pouco desse comum para pensá-lo de modo crítico e livre.

Objetivamente, o Hiperbólico visa a democratização dos recursos teóricos e metodológicos da filosofia na avaliação dos mais variados assuntos que cercam as pessoas cotidianamente. Visa, com isso, popularizar os saberes tidos como “acadêmicos”, aqueles produzidos nas universidade e centros de pesquisa, colocando nossos ouvintes, expectadores e leitores em contato com uma variedade de perfis de pesquisadores, de teorias e de conceitos do mundo filosófico e científico.

Entendemos que popularizar e democratizar a filosofia significa tornar mais presente o exercício da reflexão, da interrogação, do questionamento, enfim, da dúvida. O próprio nome desse nosso canal de escritos, de áudios e de vídeos na internet remete a esse peculiar aspecto da filosofia. O termo hiperbólico faz menção ao exercício de inquirições e de questionamentos inesgotáveis que qualquer sujeito pode realizar a respeito de tudo que o cerca e mesmo em relação a si mesmo. Por esse motivo, nós do Hiperbólico buscamos não nos contentarmos com algum posicionamento já estabelecido, algo dogmático, mas sim promover a abertura, o diálogo e a reflexão constante que colocam o conhecimento em movimento. Assim nosso lema, situado no interesse em colocar sempre as “perguntas em movimento”.

Com o objetivo de promover esse movimento, disponibilizaremos diversos conteúdos produzidos por diferentes pessoas comprometidas com certa atitude filosófica questionadora, uma “atitude hiperbólica”. Essas contribuições serão periodicamente oferecidas através das seguintes seções:

PODCAST: Quinzenalmente, nas segundas-feiras, uma questão cotidiana será tratada por nós, coordenadores do Hiperbólico, e por convidados mais que especiais e especializados.  Você pode assinar o feed do podcast e nos acompanhar por aqui mesmo pelo site ou pelo aplicativo de smartphone de sua preferência.

O Hiperbólico conta com muitos colaboradores e convidados e é coordenado por Douglas Lopes e Márcio Jarek.

Douglas Lopes é pai da Estela, poeta e professor de filosofia com mestrado sobre filosofia da mente. Se alguém quiser conferir suas “credenciais mais formais” segue o link de seu currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/7818615950975683

Márcio Jarek é igualmente professor de filosofia com mestrado e doutorado sobre o pensamento do filósofo alemão Walter Benjamin. Seu currículo Lattes pode ser acessado no seguinte link: http://lattes.cnpq.br/4520414020505730

Maurício Bueno da Rosa  é também professor de filosofia com doutorado em Educação pela UFSC sobre a obra de Merleau-Ponty. Seu currículo Lattes pode ser acessado no seguinte link: http://lattes.cnpq.br/9881608222559155

Educação Universitária, Educação Primária e Secundária e Filosofia

Assine:

Ver todos episódios

#11 O que é ideologia?

Saudações amigos!
Já parou pra pensar que o que você pensa ser real pode não passar de uma fantasia ilusória?
Pois bem... se você já fez questionamentos desse tipo... você esta começando a entrar no campo de crítica das chamadas ideologias que podem recobrir a verdade que temos sobre nosso dia a dia.
Assim, nesse episódio, vamos explorar um pouco mais sobre o significado e a caracterização do que ficou conhecido historicamente como ideologia. Da origem do termo lá no século XVIII aos seus significados na era das redes sociais da internet, passando pelo materialismo histórico e pelas apropriações no campo educacional, nós pretendemos realizar o início de uma dissecação crítica do termo e propor uma instigante reflexão sobre a atualidade do tema.
Por fim... se é possível eliminarmos de uma vez por todas a ideologia não sabemos, mas temos a certeza de que irá gostar desse episódio do hiperbólico!
Desejamos a todos e todas uma ótima escuta e esperamos os seus comentários!
Bora lá e até a próxima!

Ficha técnica do episódio:
#11 O que é ideologia?
Duração: 51'43"
Data: 19/02/2018
Produção: Douglas Lopes, Márcio Jarek e Maurício Bueno.
Trilha sonora utilizada: 
  • Trilha sonora da adaptação cinematográfica do livro clássico da ficção científica "1984". A trilha foi composta pela grupo Eurythmics que foi um duo musical britânico formado em 1980 por Annie Lennox e Dave Stewart e ficou ativo durante toda a década de 80. A história dos dois começou ainda nos anos 70 em bandas convencionais de rock, antes de se firmarem como um dos mais interessantes e originais nomes dos anos 80 e 90.Você pode conferir a trilha sonora no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=jDNoyf1h9G0
  • Sempre ao falarmos em ideologia, a maioria da pessoas lembra do canção "Ideologia" cantada pelo músico carioca Cazuza nos anos de 1980. Com música de Roberto Frejat e letra de Cazuza, Ideologia é a faixa-título do terceiro álbum solo de Cazuza. Além disso, é a canção que abre o primeiro álbum do compositor após a confirmação de que ele era aidético. Considerada a melhor canção de sua carreira solo, Ideologia levou o prêmio de música do ano, em 1988. Com a canção, Cazuza diz buscar uma ideologia, sem perceber que naquela obra estava sendo escrita uma ideologia. A ideologia crítica, que o consagrou como um dos maiores compositores brasileiros de todos os tempos.
https://www.youtube.com/watch?v=b9_6U_nX0Pg

Megafono