Lugar de Mulher Podcast

As historiadoras Kelly, Maria e Natália vão debater sobre as humanidades, educação, ciência, cultura pop, e sobretudo, o lugar da mulher em todos esses assuntos. ;)

Assine:

Episódios

#23 - Corpo de Verão

Já dizia Rosa Neon: "Aí, que delícia o verão, a gente mostra o ombrim, a gente brinca no chão"... Ou não, né? Você já deixou de ir a praia, curtir a piscina com amigos ou usar aquele biquíni por não considerar se encaixar na lógica dos corpos elegíveis para o verão? Ora, ora... Trazemos boas novas: o corpo elegível e aceito para o verão é exatamente esse aí, que você tem! E ainda que os olhares, as revistas ou a moda digam que o corpo magro, depilado, sem marcas é o aceito, nesse episódio nós batemos um papo questionando tudo isso, passando pela história do biquíni e dessas pressões e imposições tão marcadas pelas mulheres em diferentes épocas. Vem ouvir!


.
.
.
.
#LugarAcessível: imagem com o fundo na cor coral e o nome da marca Lugar de Mulher Podcast no canto inferior direito. Centralizado, escrito na cor vermelha, lê-se o nome do episódio: "#23: Corpo de Verão".
.
.
.
#podcast #mulherespodcasters #opodcastédelas2020 #podcastbrasil #podcasts #podcaster #podcastlife #podcasting #lugardemulherpodcast

#22 - ENEM, SISU e outras tretas

Os erros na correção do ENEM, os inúmeros problemas com o SISU e a grande incompetência com a qual os governantes lidaram com sonhos e planos de milhares de estudantes: o cenário desenhado pelo MEC e INEP não poderia ser pior. Mais do que falta de respeito e planejamento, tudo isso parece ser uma tentativa de desmoralizar o SISU, o ENEM e dificultar e enfraquecer o acesso a Universidade Pública. Essa lógica vai ao encontro do programa Future-se, das políticas anunciadas pela CAPES e órgãos de fomento, e até mesmo a lógica aplicada a outros órgãos públicos como a Caixa Econômica Federal e os Correios - que mira o sucateamento e o enfraquecimento das instituições, a começar pela diminuição no número de funcionários, de recursos e afins. Nesse episódio falamos sobre isso, contando ainda com a colaboração super especial da historiadora, professora, jornalista, Youtuber e maravilhosa @historizandotat, além dos relatos das vestibulandas e estudantes @isa_dora e @alexiahellen_  . Vem ouvir!

.
.
.
.
#LugarAcessível: imagem com o fundo na cor coral e o nome da marca Lugar de Mulher Podcast no canto inferior direito. Centralizado, escrito na cor vermelha, lê-se o nome do episódio: "#22: ENEM, SISU e outras tretas".
.
.
.
#podcast #mulherespodcasters #opodcastédelas2020 #podcastbrasil #podcasts #podcaster #podcastlife #podcasting #lugardemulherpodcast

#21 - Se fala como um nazista, age como um nazista, pensa como um nazista... Com Karina Rezende

Gravamos um episódio extra muito importante para falar sobre a recente declaração do Secretário Especial da Cultura do governo de Jair Bolsonaro, Roberto Alvim. Em um vídeo de cerca de 6 minutos lançado no dia 17/01/20, Alvim faz um longo discurso antes de apresentar os lançamento do Prêmio Nacional das Artes, um patrocínio do governo para produções artísticas em diversas áreas. O discurso choca por ter sido parafraseado - para não dizer copiado - de um discurso do Ministro da Propaganda Nazista, Joseph Goebbels. Chamamos a Karina Rezende, mestranda em história pela UFMG e fundadora e organizadora do NEPAT-UFMG (Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Autoritarismo e Totalitarismo) para conversar com a gente sobre a estética desse vídeo, seus aspectos discursivos e a proposta ideológica pendente. Karina tem uma pesquisa que envolve as relações entre fé e religião e o nazismo, focando nos sermões do pastor luterano resistente Dietrich Bonhoeffer. 
Nesse episódio discutimos sobre as bases da crença e o que significa o "ser nazista", para além de pensar no apelo da ideologia totalitária na significação e representação do mundo. Pode vir que tem muita fritação! 
.
.
.
.
#LugarAcessível: imagem com o fundo na cor coral e o nome da marca Lugar de Mulher Podcast no canto inferior direito. Centralizado, escrito na cor vermelha, lê-se o nome do episódio: "#21: Se fala como um nazista, age como um nazista, pensa como um nazista... - com Karina Rezende".
.
.
.
#podcast #mulherespodcasters #opodcastédelas2020 #podcastbrasil #podcasts #podcaster #podcastlife #podcasting #lugardemulherpodcast

#20 Bem-vindo 2020 (ou 2019/3)

Não sabemos de vocês, mas, quanto a nós, estávamos morrendo de saudade!!! Junto de 2020 vem a segunda temporada do Lugar de Mulher, com algumas novidades e muita vontade de trazer conteúdos interessantes e importantes à vocês! E se o ano é novo, algumas coisas supostamente também: novos projetos, novas perspectivas, novas resoluções. Mas, e se a virada do ano parece mais uma terceira parte do cansativo e esquisito 2019? Um 2019/3?
Em nosso vigésimo episódio, fazemos um breve balanço de 2019, em termos de séries, livros, comportamento e clima político-social. E como não pode deixar de ser, falamos também sobre o que 2020 enuncia. Vem que tá demais e com algumas novidades anunciadas que vocês não podem deixar de saber!

#19 - Antissemitismo: parte 2

Esse episódio é a segunda parte da nossa fritação sobre bolchevismo cultural, também conhecido como antissemitismo. Dessa vez falamos sobre a escalada do antissemitismo no século XX, pensando a questão racial e o cientificismo, o extermínio nazista e também como essas discussões de branqueamento da raça chegaram no Brasil. Seguimos pensando sobre os Julgamentos de Nuremberg e a consequente formulação de crimes contra a humanidade e declaração dos direitos humanos da ONU para analisar o contexto histórico da criação do estado de Israel. Afinal, sua criação em 1948 foi uma necessidade ou uma mea culpa? Falamos também sobre intra-antissemitismo e sobre o antissemitismo atual, inclusive no Brasil. Esse é o último episódio da nossa primeira temporada então vem ouvir e depois maratona os outros! Obrigada a todo mundo pela audiência nesse 2019, que ano! 

#18 - Violência epistêmica: com Rafaela Magalhães

Você já parou para refletir sobre a presença de elementos e vocábulos religiosos presentes em nossa fala cotidianamente? Desde o “Meu Deus!”, até o “Nossa Senhora!”. E outras expressões que denotam uma lógica racista como “As coisas ficaram pretas”, “Vamos esclarecer as coisas”, “O negócio encrespou para o meu lado”? As construções de discursos são formuladas a partir de uma lógica epistemológica que oprime, reprime, diminui e se estabelece, sempre em direção ao outro. Entre texto e contexto há um universo enunciado e tais discursos e palavras denotam poder e controle.  "Violência epistêmica" é um termo cunhado pela filósofa Gayatri Spivak e que diz sobre a invisibilização do outro. Foucault, em seu livro "A palavra e as coisas" também discorre sobre como o poder é exercido a partir dos discursos. Sobre isso e um pouco mais, com fritações super e um bocado de risadas é que falamos no episódio de hoje. Para isso,  convidamos a professora de Linguagens e Redação, Rafaela Magalhães.  Vem ouvir!
-- Descrição completa aqui.
-- contato@lugardemulherpod.com

#17 - Chernobyl

Baseada nas fitas póstumas do físico nuclear soviético Valery Legasov e na literatura da escritora Svetlana Aleksiévitch, Chernobyl é uma mini-série de cinco episódios lançada em maio de 2019, pela HBO e Sky. Criada por Craig Mazin e dirigida por Johan Renck, a série traz uma visão considera inédita do Ocidente para a União Soviética sobre o trágico acidente no reator 4 da Central Nuclear Vladmir Ilych Lenin, ou usina de Chernobyl, localizada na cidade ucraniana de Pripyat, perto da fronteira com a Bielorrússia, ocorrido em 1986. Neste episódio, examinamos a série, suas incongruências e pontos fortes e importantes para pensarmos os frutos da desestalinização e como utilizar a série como uma ferramenta importante de discussão para os tempos atuais, afinal, o "preço da mentira" não serve apenas para pensar as questões da União Soviética... muito pelo contrário, a mentira nunca esteve tão em voga para nós e devemos continuar refletindo sobre as suas consequências.
-- Descrição completa aqui
-- contato@lugardemulherpod.com

#16 - Antissemitismo, parte 1

Vamos pensar especialmente como o antissemitismo tomou as proporções do século XX e sobre o antissemitismo atual, já que, o antissemitismo não é um assunto novo. Ele não surgiu do nada e nem tomou os contornos no século XX simplesmente porque Hitler era um louco (spoiler: ele não era). Falamos um pouco dos caminhos do antissemitismo na longa duração da história, pensando na discussão sobre moralidade desde a Idade Média e os marcos da Modernidade que tornaram possível que a igualdade se tornasse um problema fundamental. Como a formação dos Estado Nação agravou a “questão judaica” e introduziu o elemento racial? Vem ouvir e aguardem a parte II desse episódio!

-- Descrição completa aqui.
-- contato@lugardemulherpod.com

#15 - Antes só do que com um Coach

Um dos grandes problemas dessa modernidade líquida é o surgimento de resoluções simples para problemas complexos. Eis que surge o coach: palavra que vem do inglês e que quer dizer "treinador", mas que aos poucos foi sendo transformada e ressignificada. O coach hoje em dia é basicamente um guru. Desenvolvimento de liderança, emagrecimento rápido, superação de medos e desafios, busca pelo sucesso, progresso pessoal, sucesso financeiro e profissional: esses são muitos dos objetivos que buscam as pessoas para suprirem suas necessidades em direção a uma suposta vida perfeita. E imagina conquistar todo esse sucesso em um passe de mágica, com resultados concretos em pouco tempo e um “baixo” investimento? Isso e muito mais é o que propõe os coaching no Brasil e no mundo afora. Hoje falamos sobre os perigos dessa abordagem meritocrática, sem recorte de gênero ou classe, e da necessidade de se procurar ajuda psicológica (quem lembra do episódio de Setembro Amarelo?) e não soluções milagrosas. A vida no capitalismo é difícil e insustentável, não acredite em quem te diz o contrário.
* tivemos problemas com a edição final deste episódio, mas já está normalizado. Pedimos desculpas pelo vacilo.
-- Descrição completa do episódio aqui. 
-- contato@lugardemulherpod.com

#14 - Pesquisa em História: uma introdução

Historiadores... do que vivem? Como se alimentam? Como pagam seus boletos? Afinal, eles estudam ou também trabalham? Neste episódio, tentamos fazer uma introdução sobre o que é uma pesquisa em História e como é a rotina de uma pesquisadora. Damos nossas dicas para escrever um projeto honesto (LEIAM SEMPRE O EDITAL, POR FAVOR), falamos sobre como está a situação das bolsas e como é o processo desde a entrada em uma pós-graduação até o momento da defesa. Também conversamos um pouco sobre as nossas experiências pessoais, desafios, desesperos e, principalmente, como é a nossa dedicação à área, que é de grande importância mas infelizmente cada vez mais desvalorizada no nosso país.
* Nossa experiência foi muito pautada na vivência na UFMG e o que conhecemos sobre as algumas universidades no Sudeste. Por falta de conhecimento, não conseguimos contemplar outras regiões no Brasil, pedimos desculpas por isso. :(

-- Descrição completa: http://bit.ly/LdMep14
-- contato@lugardemulherpod.com
Próxima página

Megafono