Nota de Rodapé

Assine:

Ver todos episódios

6. Russos engraçados

neste episódio falo sobre o humor russo, que é sempre ofuscado pela tristeza e melancolia que todo mundo tá cansado de associar à literatura russa. eu falo sobre três autores e suas histórias tristes e engraçadas ao mesmo tempo; gógol, maiakóvski e bulgakov. é tudo meio irônico e contraditório. nem toda a tristeza é apenas triste e nem toda alegria é apenas feliz, assim como a vida, né. mas eu não quero ser inspiracional, cruz credo, eu só quero espalhar a palavra do humor russo, que na minha opinião é bem mais legal do que a amargura.

obras citadas:
BULGAKOV, M. O Mestre e Margarida. Tradução de Zoia Prestes. São Paulo: Alfaguara. 2010.
GOGOL, N. O Capote e outras histórias. Tradução de Paulo Bezerra. São Paulo: Editora 34.2015.
MAIAKOVSKI, V. Poemas. Tradução de Augusto de Campos, Haroldo de Campos e Boris Schnaiderman. São Paulo: Perspectiva, 2015.
MAIAKOVSKI, V. O Percevejo. Tradução de Luiz Antônio Martinez Corrêa. São Paulo: Editora 34, 2009.
BATUMAN, E. The Idiot. New York: Penguin Books, 2017.
BATUMAN, E. Os possessos: aventuras com livros russos e seus leitores. Tradução de Luis Reyes Gil. São Paulo, Leya, 2012.
CAVALIERI, A. (Org.) Antologia do humor russo. São Paulo: Editora 34, 2018.

Megafono