O CUSTO DE SEGUIR A CRISTO

Vivemos em um país onde grande parte da população professa a fé em Jesus, em outras palavras são CRENTES. Porém, é importante ressaltar que aqueles que foram alcançados pela GRAÇA E O AMOR DE DEUS não são designados, tampouco chamados de CRENTES e a grande verdade é que o crente é como a multidão que, por terem se alimentado de pão e peixe desejavam um Jesus que resolveria os seus problemas e satisfaria todos os seus desejos. Sendo assim, eles não queriam O TODO JESUS, mas aquilo que era conveniente para eles 👉🏻 PÃO E PEIXE!
Com isso, se ainda não nos perguntamos PORQUE O SEGUIMOS, agora é um ótimo momento para essa indagação, pois a grande multidão comprova que podemos supostamente viver uma vida seguindo a Jesus sem ter um compromisso com Ele!
Jesus diz que quem deseja ser seu discípulo, mas ama o seu pai, a sua mãe e até a sua própria vida mais do que a Ele, não pode ser seu discípulo, pois existe um preço para segui-lo 👉🏻 TUDO!
 SERÁ QUE CALCULAMOS ESSE PREÇO ANTES DE SE TORNAR SEU DISCÍPULO?
Se não calculamos, somos como um TOLO CONSTRUTOR, que ao decidir construir uma torre não se assentou para calcular se tinha dinheiro suficiente para completá-la, então quando lançou os alicerces não foi capaz de terminá-la e todos zombaram dele. Da mesma forma, se não calculamos o preço antes de se tornar seu discípulo, somos dentre todos os mais tolos e iremos passar vergonha.

Lucas 14.25-30

Assine:

Episódios

A BOCA FALA DO QUE ESTÁ CHEIO O CORAÇÃO

• A BOCA FALA DO QUE ESTÁ CHEIO O CORAÇÃO

Jesus afirma que nós, os seus discípulos não estamos acima d'Ele, o nosso mestre, mas que estamos bem preparados para ser como Ele 👥.
O bom mestre também nos alerta dizendo que, uma árvore boa 🌳 dá bom fruto 🌱 e uma árvore ruim, dá fruto ruim 🥀, pois uma árvore 🌳 é conhecida por seu fruto.
No entanto, como pessoas más podem dizer coisas boas? Porque a boca fala 🗣️ do que está cheio o coração ♥️. Precisamos nos perguntar o que tem saído da nossa boca 🗣️, pois ela revela o que tem dentro do nosso coração ♥️.
👉🏻 Será que ele está cheio de misericórdia 😍, amor ♥️ e perdão 🥰, ou cheio de espinhos 😥?
👉🏻 O que tem saído da nossa boca são grandes fofocas 🤬 ou palavras que edificam 😊?
Devemos nos questionar sobre isso, pois tudo o que existe dentro de nós uma hora vai sair, sejam em palavras 🗣️, atitudes ou em comportamentos e é exatamente isso o que a bíblia 📖 chama de fruto 🌱 ou espinheiro .
Assim como saem coisas boas do Mestre, nós como seus discípulos estamos sendo convencidos , confrontados, capacitados e preparados para ser como Ele É!
Portanto, o que tem saído 🗣️ de você? Quais são os seus frutos 🌱? Lembrando que uma árvore boa 🌳, dá bom fruto 🌱 e isso é evidência de natureza e vida.

O NOVO NASCIMENTO

• Todos aqueles que foram alcançados por Jesus nasceram de novo, mas precisamos compreender que quando nasce uma criança, ela se desenvolve e torna-se um adulto, da mesma maneira nós também nascemos em Cristo para crescer, amadurecer e não sermos eternamente crianças. No entanto, a nossa realidade é preocupante, pois há muitos bebês na fé e o grande problema é que uma criança não pode ter as mesmas responsabilidades de um adulto.
Certa vez, Jesus indaga a multidão a respeito de João Batista dizendo: “O que vocês foram ver no deserto? Um caniço agitado pelo vento, ou um homem vestido de roupas finas?” O que Jesus queria dizer com isso?
O caniço é como uma vara bem fina que nasce na beira dos rios e era tão fina que se inclinava na direção em que o vento soprava. Quando Jesus usa essa expressão, Ele estava querendo indagar a multidão sobre o que elas realmente queriam. Será que eles foram ao deserto buscar um homem de Deus que se inclina para o Espírito Santo? Ou foram ao palácio, onde viviam os homens vestidos de roupas finas, mas que não se inclinavam para o Espírito?
Pois, João Batista foi incumbido de preparar o caminho para a vinda do Messias anunciando a mensagem de arrependimento ao povo e nós que devemos preparar a volta de Jesus, precisamos aprender com ele como preparar essa volta – INCLINADO PARA O ESPÍRITO SANTO!

Jesus continua, dessa vez Ele conta uma história referindo-se aquela geração que era como as crianças que ficavam nas praças brincando sobre o que acontecia no dia a dia. Uma das brincadeiras era sobre o casamento, onde eles dançavam e tocavam flautas e a outra brincadeira que retratava o dia a dia era sobre o funeral, onde eles cantavam um lamento.
Mas afinal, o que Jesus queria ensinar com isso? O casamento, a dança, a flauta representava Ele mesmo, totalmente sociável, comia com os publicanos, com os pecadores e era uma pessoa acessível. Já João Batista representa o lamento, uma pessoa mais reclusa, bem diferente de Jesus.
E então veio os dois, um cantando e dançando e o outro se lamentando, mas aquela geração não cantou, não dançou, tão pouco se lamentou, ao contrário, como crianças ficaram discutindo uns com os outros, não entraram em um acordo e não queriam nada, pois veio João com um discurso muito duro e de lamento mas diziam que ele deveria tocar um pouco de flauta e o chamaram de endemoniado, então veio o Filho do homem tocando flauta, acessível, amigo de publicanos e pecadores e disseram que ele deveria ser um pouco mais duro e o chamaram de comilão e beberrão.
Em outras palavras, Jesus estava dizendo para aquelas pessoas – “O QUE VOCÊS QUEREM?”
E hoje nós somos como aquela geração e a pergunta que Ele nos faz é – “O QUE VOCÊS ESTÃO QUERENDO?”
Queremos ser como crianças que brigam para poder brincar? Estamos sempre insatisfeitos? Somos inconstantes sem saber o queremos? Ou buscamos amadurecer? Com o que Jesus pode nos comparar?

O CUSTO DE SEGUIR A CRISTO

Vivemos em um país onde grande parte da população professa a fé em Jesus, em outras palavras são CRENTES. Porém, é importante ressaltar que aqueles que foram alcançados pela GRAÇA E O AMOR DE DEUS não são designados, tampouco chamados de CRENTES e a grande verdade é que o crente é como a multidão que, por terem se alimentado de pão e peixe desejavam um Jesus que resolveria os seus problemas e satisfaria todos os seus desejos. Sendo assim, eles não queriam O TODO JESUS, mas aquilo que era conveniente para eles 👉🏻 PÃO E PEIXE!
Com isso, se ainda não nos perguntamos PORQUE O SEGUIMOS, agora é um ótimo momento para essa indagação, pois a grande multidão comprova que podemos supostamente viver uma vida seguindo a Jesus sem ter um compromisso com Ele!
Jesus diz que quem deseja ser seu discípulo, mas ama o seu pai, a sua mãe e até a sua própria vida mais do que a Ele, não pode ser seu discípulo, pois existe um preço para segui-lo 👉🏻 TUDO!
 SERÁ QUE CALCULAMOS ESSE PREÇO ANTES DE SE TORNAR SEU DISCÍPULO?
Se não calculamos, somos como um TOLO CONSTRUTOR, que ao decidir construir uma torre não se assentou para calcular se tinha dinheiro suficiente para completá-la, então quando lançou os alicerces não foi capaz de terminá-la e todos zombaram dele. Da mesma forma, se não calculamos o preço antes de se tornar seu discípulo, somos dentre todos os mais tolos e iremos passar vergonha.

Lucas 14.25-30

Megafono