Papo Editado

Um editor, conversando com editores, sobre edições. Confuso? Talvez, mas nada como um bom bate papo, para esclarecer este encantador universo da edição de podcasts.

Podcasting, Empreendedorismo e Sociedade e Cultura

Assine:

Episódios

Convite - Vai Passar

Um podcast colaborativo pra te ajudar a passar por essa quarentena, porque lembre-se: vai passar!

Quer colaborar, dar feedback ou só falar com a gente? vaipassarpodcast@gmail.com :)

Logo criado por Bianca Nazari (@biancanazari).



Não são pedras, são Aerolitos..

Não são pedras, são Aerolitos..

O convidado do Papo Editado da vez é um podcaster das antigas, e que também trilhou o caminho do fim do seu podcast para a edição. Com um bordão de um dos sensacionais episódios do Chapolin, (Não são pedras, são Aerolitos), Leonardo Amaro, o Léo Brusque batizou seu podcast e posteriormente sua empresa de edição.
Mais um episódio onde tive a grata surpresa de conhecer um colega de trabalho com que ainda não havia conversado a fundo. E acho muito importante esta interação e troca de conhecimento, não apenas para vocês que nos ouvem, mas também para mim, que aprendo muito com este programa.
O Leonardo era um dos nomes para a primeira ou segunda temporada, mas graças aos gigantescos hiatos acabou ficando para agora. Em plena quarentena devido ao COVID-19.
Não posso deixar de manifestar aqui minha gratidão por esta temporada e pelos convidados até aqui. Já foram três até então, e com planos para mais.
Mas conte-nos, deixe nos comentários, quem você gostaria de ouvir aqui conosco? Um youtuber, um editor, um radialista, o Papo Editado quer expandir seu hall de convidados. Mas para isto preciso de sua opnião? 
Afinal, são ou não são pedras?
Agradecimentos:
Agro Resenha Podcast
Desabraçando Arvores
Desestresse Podcast
GNH Podcast
NaTrilha Podcast
Podcitário
Podcrastinadores
Saúde Digital Podcast
 

Desculpa aí

Desculpa aí..

Estamos no ar, de volta com Papo Editado, e assim, já vou deixando o meu Desculpa aí, mas não pelo hiato ou por qualquer outra coisa. Este Desculpa aí é para forçar um trocadilho com o podcast do nosso entrevistado: Emerson Alves, do Desculpa Qualquer Coisa Podcast.
Bem humorado, simpaticão, boa praça, e sim, até então so tenho elogios ao nosso convidado. Dono do podcast que se intitula o mais aleatório da podosfera, e que até então faz jus ao título.
Dentre os diversos podcasts lançados pelo selo Desculpa aí, quer dizer Desculpa qualquer coisa, destaco e recomendo o episódio 25 - Uma Ode à Alegria
Uma Ode à Alegria
SIDNEY ROCHA
Quando você estiver sozinho, realmente sozinho
Quando suas pernas fraquejarem e no seu peito reinar o hálito de todas as mortes precoces
Quando a porta do seu quarto desconhecer a extensão do corredor e da sala e descambar no precipício do assoalho vazioQuando seus amigos (claro, os seus amigos de algum dia
que não mais os de hoje) permanecerem todos lá na lonjura da ponte sem esperar mais nada de você, senão uma saída que os convençaQuando na sua carteira a identidade for só um papel gasto onde um rosto jovem adormeceQuando você não tiver dinheiro nem paz nem força e achar que essas duas últimas grandezas
jamais poderão existir sem a primeiraQuando o seu corpo parecer infinito
Em dor em agonia em desespero em...Quando tudo aquilo para o qual lhe preveniram realmente aconteceu e você sentir um medo pavoroso do que lhe está prestes a virQuando você urrar até a vertigemE se ver completamente cego
De dor de agonia e de desespero de...Quando acabarem os cigarros, o crédito nas bodegas do bairro
E também quando não existir uma vivalma que lhe pague um tragoAté mesmo da bebida que você mais odeia
E quando pra piorar as coisas (porque isto sempre possível: as coisas piorarem)
Você estiver sido pecado pelo escorpião da literatura
E sentir que, com o tempo, está inchando até explodirQuando a sua máquina lhe parecer uma desconhecida
E lhe olhar de uma altura de mil pés por sobre suas teclas duras e o carretel de fita mil vezes
Rebobinado a mão por você próprioQuando o último livro parecer ser de um outro autorQuando você desejar profundamente ser uma pessoa comumQuando você já não se reconhecer
Transando, amando, fumando
Sua dor sua agonia seu desespero seu...Quando sua vontade for pedir piedade ao mundo ou querer que lhe sacrifiquem
Mas que lhe deixem definitivamente em pazQuando você não souber fazer contas com mais de duas parcelas
Nem a sua língua servir para dizer o que realmente você senteQuando você se sentir ultrajado, incompreendido, enganado, roubado, vigiado, perdido...
Sozinho, realmente sozinho
E não souber mais a diferençaQuando você sentir vontade de chorar e não fazê-lo porque já conhece
Aonde o seu choro não vai darQuando não houver nada, simplesmente nada
Nada nada nada nada
Esteja pronto!Recolha o que puder
Aquilo que estiver a mão
Agarre tudo sem hesitações maiores (as coisas que lhe fugirem dos dedos ficarão ali para sempre é preciso aceitar isso)Roube de si mesmo tudo o que puder e couber do vazio no qual você mergulhou
Não espere nada mais, nenhum segundo mais sob o risco de explodir com o que ficou nas gavetas do você idealSiga como puder, mais sem cobrançasFaça de contas que você se matou ou que é dois - isso também ajuda
E que, sendo assim, não se dê à burrice de cair duplamente nas fossas
(Da sua dor da sua agonia do seu desespero do seu...)
De onde só poderá sair um vivo e lute muito para que seja vocêE não se entregue jamais ao seu choro ou ao seu apeloDescubra que sendo dois um de vocês quer lhe levar à loucura
À dor à agonia ao desespero ao...Note que isso é só uma guerra pessoal e – por favor - não peça piedade
(Perdoe somente algumas vezes)Escreva - isso complica mais
Mas - pode acreditar
No final terá sido necessárioRedescubra a força das palavras quando untadas de verdade
Com sua dor com sua agonia seu desespero seu...Tira lasca de fogo delasAproveite delas a força natural que todas as coisas têm e si dirigem ao centro da terraEscreva sem perseguições com nada
Escreva como se música tocasse dentro de você
Escreva como se você dançasseComo se fosse gago e estivesse nervoso e quisesse anunciar um desastre
E, caso tropece muito nas palavras uma multidão inteira pudesse morrer
(E você não quer isso, nós sabemos)Escreva como se dependesse disso as pedras os rios os mares a caatinga
O vale os bichos os céus os mudos os surdos os inaptos de toda naturezaAtire-se da altura dos adjetivos e como alguém realmente irado
Não procure a palavra exata
Melhor: encontrando-a, deixe lá,
Não acredite nela
Nunca creia em miragensA palavra exata é um embuste
É como a mulher ideal
O emprego ideal
O amigo ideal
Estas coisas não existem, meu amigoSua dor é que existe
Sua dor sua agonia seu desespero seu...Lide com isso
Nunca esqueçaQuando você estiver só
Sozinho realmente
Retire o seu caminho da sua dor
Da sua agonia a vontade de continuar
Do se desespero algo que possa
Valer para a humanidade inteiraNão conseguindo meu irmão continue escrevendo
(Escrever é pura continuação
do homem a partir dos dedos)
Continue vivo ou faça qualquer coisa que lhe dê a mínima sensação
De que você continua continuando.
Agradecimentos:
Agro Resenha Podcast
Desabraçando Arvores
Desestresse Podcast
GNH Podcast
NaTrilha Podcast
Podcitário
Podcrastinadores
Saúde Digital Podcast
 
 

Athelas Edição - Cortando e Editando

2020 tem sido mesmo um ano atípico. Já tivemos várias situações inusitadas e ou diferentes do normal. E foi em meio a uma destas situações, que resolvi tirar os equipamentos da gaveta, e voltar com o Papo Editado. Para tal convidei o meu amigo Henrique Farofinha da Athelas Edição para  uma conversa sobre o mundo do podcast e principalmente edição.

Obrigado 2019

2019 - Ano do Podcast?
Ouça meu parecer sobre o termo, e minhas experiencias e realizações em 2019.

Podcasts citados:
AgroResenha
Desabracando
GNH
Movimento RPG
NaTrilha
PapoCloud
Podcitario
Podcrastinadores
Saúde Digital

Divulgação - Spot - ESSA PARADA 2019

Spot de divulgação do Encontro Carioca de Podcast

Inscrição: https://www.sympla.com.br/essa-parada__681485

Entrevista com a Abpod - Juntos pelo Podcast Nacional

Olá ouvinte, trouxe neste episódio, Kell Bonassoli e Renan Cirilo para falar sobre a ABPOD.

UaiPod 2019

Ouvintes, podcasters, produtores de conteúdo e demais interessados têm encontro marcado no dia 13 de abril, sábado, na 4ª edição do uaiPod (Encontro Mineiro de Ouvintes e Podcasters). O evento será realizado na Unidade Praça da Liberdade da Puc Minas (Rua Sergipe, 790, Savassi).
O público terá a oportunidade de participar, no turno da tarde, de dois debates sobre a mídia com representantes de podcasts de todo o país. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pela página do evento no Sympla http://bit.ly/uaipod2019. As vagas são limitadas.
Em 2019, o uaiPod promoverá ainda oficinas simultâneas de produção e edição de podcasts, no período da manhã. As inscrições já estão encerradas, mas fiquem atentos a novidades em breve. Mais informações sobre o uaiPod – Encontro Mineiro de Ouvintes e Podcasters podem ser obtidas pelo email uaipodmg@gmail.com.
PROGRAMAÇÃO
13 horas – Credenciamento
13h30 às 15h00 – Debate “Em busca do equilíbrio: a liberdade e o patrocínio do podcast se opõem?
Participantes: Professor Maury (Rede Geek); Renan Cirilo (NaTrilha); Alcysio Canette (Lado B do Rio) e Prof.ª Iara Franco (PUC Minas) – Moderação: Karin Voll (uaiPod/X-Poilers)
15h30 às 17h00 Debate “Representatividade no Podcast e seu impacto social: Como o podcast pode hackear o sistema e abrir espaço de fala para que a representatividade exerça seu papel em uma sociedade mais igualitária
Participantes: Ira Croft (Ponto G) / Aline Hack (Olhares Podcast) / Dann Carreiro/Dimitra Vulcana (HQ da Vida) / Leandro Ferreira (Afropai) – Moderação: Priscila Armani (uaiPod/ podcast Sexo Explícito)
EDIÇÕES ANTERIORES
Em 2018, o 3º uaiPod reuniu produtores de conteúdo e o público no Sesc Palladium, no dia 28 de abril. Os participantes tiveram a oportunidade de conferir três debates sobre a mídia.
A primeira mesa teve como tema “A importância da edição para o podcast”. Contou com o carioca Leonardo Mogli, editor e participante do podcast de humor Galera do RAU; o mineiro Renato Silveira, do Cinematório Café; o crítico de Cinema e idealizador do Programa do Pipoqueiro, Marcelo Seabra; e o educador mineiro Marcelo Cafiero, editor dos podcasts Entre Fraldas, Paternidades e Hiperativo. A mediação foi da jornalista Priscila Armani, do podcast O que assistir.
A participação das mulheres e de pessoas LGBTQ+ na podosfera também foi tema de discussão no evento. No debate, a paulista Cal Cruz, dos podcasts Então, É Isso!, Ouvindo Podcast e da plataforma Colabora.aí; as mineiras Raquel Gomes e Stephania Amaral, dos podcasts Feito por Elas e Cinematório Café; e Eduardo Henrique “Filhote”, dos podcasts Machinecast e PodBrisar. Karin Voll, co-host do podcast X-Poilers, foi a mediadora.
O tema da terceira mesa foi “Financiamento coletivo: uma solução para o podcast?”. Estiveram presentes o paulista Fabio Franzoni, dos podcasts Pow de Cast, Ouvindo Podcast e da plataforma Colabora.ai; Rafael Souza, do programa Tricotando e Emerson Almeida, da plataforma Megafono. Essa mesa foi mediada por Ana Eliza, do PodProgramar.
O 2° uaiPod foi realizado em de outubro de 2017, no Sesc Palladium. Representantes de mais de 10 podcasts colocaram em pauta a interação e o uso do entretenimento como ferramenta de reflexão. O evento contou com dois debates: “Um podcast de entretenimento pode cumprir outras funções sociais?” – com representantes dos podcasts Cinematório Café, Cultura Geek, Feito por Elas e X-Poilers; e “Como o podcast pode promover uma revolução cultural?”, com integrantes dos podcasts Entre Fraldas, Sem Choro, Que Viagem Cast e Tricotando.
A primeira edição do uaiPod foi realizada em agosto de 2016, na Câmara Municipal de Belo Horizonte. O evento foi um bate-papo descontraído no qual os realizadores puderam apresentar seus programas e conhecer outros podcasters.
A MÍDIA PODCAST
A palavra podcast surgiu de uma junção de Pod-Personal On Demand (numa tradução literal, pessoal sob demanda) retirada de iPod e broadcast (transmissão de rádio ou televisão). Bastante popular nos Estados Unidos, o podcast chegou ao Brasil em 21 de outubro de 2004, com a estreia do primeiro podcast brasileiro, o “Digital Minds,” de Danilo Medeiros, que falava sobre tecnologia em geral.
SERVIÇO
uaiPod 2019 – 4º Encontro Mineiro de Ouvintes e Podcasters
13 de abril, sábado, 13 às 17 horas
Auditório da PUC Minas na Praça da Liberdade (Rua Sergipe, 790, Praça da Liberdade)
Vagas Limitadas
ASSESSORIA DE IMPRENSA
Priscila Armani uaipodmg@gmail.com (31) 98871 0289
Luciana d’Anunciação luciana.anunciacao@gmail.com (31) 99742 7874

Produção: uaiPod
Apoio: PUC Minas
Patrocínios: Megafono , ColaboraAi , Portal Desaprender e Portal Sem Choro
Contatos:

Papo Editado Especial #OPodcastéDelas 2019

Eu não poderia ficar de fora deste evento. Apoiador da edição feminina, e com provas neste episódio sensacional.

Com o hosteamento da Mari Ribeiro
Entrevistada: Ciana Lima
Podcast Mileniados
Edição: Senhor A

Papo Editado – Revirando o Lixo Alheio

Temporada 2018 – Douglas Ganso “Esse episódio chega até você com a ajuda do Megafono, o Megafono é a primeira plataforma de hospedagem especializada em…
Continuar lendoPapo Editado – Revirando o Lixo Alheio
O post Papo Editado – Revirando o Lixo Alheio apareceu primeiro em Senhor A.
Próxima página

Megafono