Podcast Empresa Autogerenciável | Marcelo Germano

Marcelo é empresário há 23 anos. Dono de 3 empresas de diferentes segmentos. Ano passado gerou um faturamento de mais de 20 milhões de reais nas suas 3 empresas. Nos últimos 4 anos, já treinou e maximizou os lucros de mais de 600 empresários através dos Programas EAG. E nesse Podcast você vai ouvir tudo o que você precisa saber para que a sua empresa funcione sem depender 100% de você para funcionar, ou seja, uma Empresa Autogerenciável.

Negócios, Empreendedorismo e Administração

Assine:

Episódios Mostrando página 1 de 2 (16 episódios)

#016 - Como economizar 5 anos em 1 com uma técnica

Acesse aqui o link para fazer o download do e-book sobre Benchmarking mencionado no podcast: http://www.empresaautogerenciavel.com.br/ebook-benchmark 

Entenda a diferença de Benchmark e Benchmarking para aplicar na sua empresa e executar da melhor forma o Benchmark empresarial. Assim, você vai economizar 5 anos em 1 com essa técnica. Um podcast para você entender como fazer benchmarking e como a gente fez aqui no EAG em diversas áreas para economizar tempo e dinheiro.

O que é Benchmarking? Como fazer em uma pequena empresa?

Nem todo mundo está disposto a fazer isso. É o processo de você fazer uma visita (e essa visita não é um passeio na empresa de outra pessoa, é um ESTUDO) para entender como aquela pessoa está fazendo na área para você aplicar as melhores práticas na sua empresa também. Nesse episódio você vai descobrir como você pode fazer esse tipo de coisa e a gente libera pra você o nosso e-book sobre Benchmark (incluindo a carta que menciono no podcast).

Acesse aqui o link para fazer o download do e-book sobre Benchmarking mencionado no podcast: http://www.empresaautogerenciavel.com.br/ebook-benchmark 

#015 - Como fazer a integração de um novo funcionário?

Link para download: www.empresaautogerenciavel.com.br/integracao | Para você criar uma cultura organizacional na sua empresa você precisa fazer a contratação certa. Mas muitas vezes, por falta de processos, o empresário "estraga" um funcionário bom por não integra-lo na cultura da empresa antes dos primeiros 90 dias de trabalho. Eu digo que no primeiro dia, no processo de integração, o ideal é que o empresário planeje no mínimo os primeiros 30 dias desse novo funcionário. O primeiro dia você recebe essa pessoa, explica quais são as regras da empresa, quais os benefícios, o cargo dessa pessoa, as metas que ela precisa atingir. 

#014 - Como desenvolver seus funcionários

Vários empresários pensam que é preciso investir muito dinheiro para desenvolver os seus funcionários. Mas mal sabem eles que dá pra desenvolve-los sem investir dinheiro nisso. E foi por isso que, neste episódio do Podcast Empresa Autogerenciável nós trouxemos esse assunto que foi uma grande virada de chave aqui no EAG. 

Para mim, uma das tarefas mais importantes de um líder é desenvolver outros líderes e outros funcionários. Eu tenho um chavão que eu sempre falo: a melhor estratégia com as pessoas erradas vai falhar sempre. Uma estratégia mais ou menos com pessoas as pessoas certas, executando com disciplina, vai SEMPRE ganhar da concorrência. 

Então nós criamos uma maneira de desenvolver todos os funcionários sem gastar a mais por isso durante toda a segunda-feira. E é importante que todos da empresa os participem; funcionários, líderes e até mesmo o dono da empresa.

#013 - Do PREJUÍZO ao LUCRO com Robson Martins

-Do PREJUÍZO ao LUCRO

Robson saiu de uma situação de 250 mil de prejuízo e no 3º mês do processo de acompanhamento junto com a Tereza, nossa especialista no método EAG, Robson fechou o mês com lucro de mais de 200 mil.

Essa é a história do Robson Martins, empresário no ramo de distribuição de hortifruti de São Paulo e que há 14 anos abriu o seu negócio perante a uma necessidade pessoal. Hoje ele tem uma empresa faturando um valor muito além do que ele imaginava.

Durante essa jornada, o Robson teve que ultrapassar vários obstáculos. A empresa teve inicio somente com ele, sua esposa e uma kombi. Hoje, seu negócio tem aproximadamente 100 funcionários e um lucro muito considerável devido a várias ações que foram feitas em conjunto com um dos nossos Especialistas no Método EAG. 

A empresa começou com distribuição de laranja, através de uma necessidade do cliente, hoje eles distribuem frutas e legumes para toda a cidade de São Paulo. 

Nesta jornada, ele se deparou com algumas dificuldades e no caminho encontro o EAG. O primeiro contato que o Robson teve com o EAG foi em um dos nossos treinamentos, o Alavanque seus Lucros, onde ele aplicou algumas estratégias financeiras no seu negócios. Algumas das ações foram: negociar taxas de banco, taxas de empréstimos, e aplicando algumas ações que são feitas no momento do treinamento. 

Com o prejuízo de mais de 200 mil reais, o Robson confiou no EAG e começou aplicar o que foi ensinado no treinamento. Desenvolveu metas para sair do prejuízo rumo ao lucro, fez planos de ações para gerenciar os gastos, e focou nas compras da empresa (área onde ele mais gostava de trabalhar).

Entenda melhor como foi essa jornada do Robson do prejuízo ao lucro. O que ele fez para que hoje ele tenha uma empresa com caixa positivo.

#012 - O que você é pago pra fazer?

Iniciamos com esse episódio uma sequência de vídeos sobre as 12 questões de engajamento nas equipes, baseado no livro os "12 Elementos da Gestão de Excelência", escrito por Rodd Wagner e James K. Harter . 

No primeiro Q, o Q1, vamos falar sobre como engajar seus funcionários. E a primeira pergunta do Q12 é: eu sei o que esperam de mim no trabalho?

As pessoas falam muito sobre querer ter uma equipe engajada, como que elas fazem para ter engajar uma equipe, e mediante estudos estatísticos do Instituto Gallup identificaram os itens que mais engajam as pessoas. 

E nisso surgiram os 12 Elementos de Gestão da Excelência. Elementos que usamos nos nossos treinamentos e temos produzido resultados incríveis analisando cada um desses Elementos de Gestão.

O lucro das empresas que têm equilibrado os 12 Elementos da Gestão de Excelência costuma ser 22,5% maior do que nas empresas que não tem engajamento.  

As consequências dos seus funcionários não souberem o que é espero deles dentro da empresa são muito negativas. Como foi dito logo acima, o lucro da sua empresa pode estar comprometido por negligencia dessa ferramenta. 

#011 - Como dar FEEDBACK?

Como dar FEEDBACK?

Neste episódio trouxemos um tema polêmico e difícil que é o FEEDBACK. Tem que ter estômago para lidar com o FEEDBACK.

FEEDBACK é um retorno de uma ação que foi feita por uma pessoa e qual foi o impacto que ela gerou. 

Ao logo do tempo, eu participei de vários treinamentos onde eles davam várias nomenclaturas para o FEEDBACK - FEEDBACK positivo, FEEDBACK negativo - desenvolvimento de reconhecimento...

Existem dois aspectos nesse universo:

- Quem dá o FEEDBACK
- Quem recebe o FEEDBACK

E há problemas tanto para quem recebe quanto para quem dá o FEEDBACK. Todo mundo sabe que para você desenvolver as pessoas, o FEEDBACK é fundamental.

Por mais que você saiba o método, o grande ponto é que você precisa treinar as pessoas que dão FEEDBACK e treinar as pessoas que recebem o FEEDBACK. 

E muitas empresas só treinam quem vai dar o FEEDBACK e não as pessoas que vão receber. E assim não é criado um ambiente onde as pessoas estão receptivas a lidar com esse tipo de situação. 

#010 - Como contratar um funcionário? (A contratação bala de prata)

O que é uma Contratação "Bala de prata"?

Muitos empresários no dia de hoje estão sufocados fazendo a empresa funcionar. E uma coisa que eu sempre digo, não tem pílula mágica, não tem bala de prata e sim meta, plano de ação e execução.

E no caso da CONTRATAÇÃO o plano é o mesmo.

"Marcelo, é fácil encontrar a pessoa ideal no processo de CONTRATAÇÃO?"
"Qual é o processo de CONTRATAÇÃO dessa pessoa?"
"Você já fez uma CONTRATAÇÃO "Bala de prata"? Deu certo ou deu errado?"

Neste episódios eu respondo essas questões e mais outras sobre como faço nas minhas empresas o processo de CONTRATAÇÃO. 

#009 - Como delegar o que não sei fazer?

Para descobrir a ferramenta capaz de liberar até 40 horas por mês de trabalho de um dono de pequena e média empresa, escute esse podcast.

- "Ninguém faz melhor do que eu."
- "Se eu passar a tarefa para a pessoa vou ter que conferir."
- "Eu faço mais rápido."

São esses pensamentos que tira, aos poucos, a vida de um dono de empresa. E é como eu sempre digo, tempo é igual a vida.

E o primeiro passo que você pode tomar para ter mais vida é assistir a esse episódio do Podcast Empresa Autogerenciável. Nele é passado uma ferramenta nossa, que é PAGA mas que revelamos de forma totalmente gratuita ao longo desse episódio.

E foi um dos nossos clientes chamado Eduardo Valério que aplicou e liberou 40 horas por mês para ter mais vida, delegando da maneira certa.

#008 - Como engajar seus funcionários

Existe uma maneira rápida para entender se seus funcionários estão ou não engajados com a sua empresa, se eles vestem a camisa e se estão comprometidos a entregar resultados.

"Se vocês fizerem essas coisas por nós, faremos o que a empresa precisa."

É isso que 2 milhões de funcionários de empresas disseram em uma pesquisa da Gallup que deu origem ao livro Q12. O livro reuniu todas essas "coisas" que os funcionários de empresas desejam para se ter uma boa relação no trabalho, trazendo um alto engajamento e lucro para a empresa. 

Nesse podcast revelo quais são essas 12 questões e pontuo cada uma delas para você sair desse podcast pronto para aplicar todas as questões na sua empresa e descobrir se a sua equipe é engajada e faz o que precisa ser feito.

#007 - Como fazer um Planejamento Estratégico

Se você não tiver ambição como empresário, não ouça esse episódio. Se você quer manter uma conversa com seus amigos sobre a crise, não ouça esse podcast.

Agora, se você tem interesse em criar uma empresa em que as pessoas tenham vontade de trabalhar, algo que seja maior do que você mesmo e que você sinta orgulho do que faz, esse é um episódio essencial pra colocar tudo isso em prática na sua vida como dono de empresa. 

A gravação desse episódio sobre planejamento estratégico foi feita após eu e meu time de EAGênios terminarmos o planejamento estratégico do EAG, durante um final de semana de dois dias intensos trabalhando em nossas próprias ferramentas que ensinamos em nossas imersões presenciais.

É obrigatório você pegar um papel, caneta e anotar absolutamente TUDO. O mais importante depois disso é você partir para ação e executar. Sabe porque? É porque eu não acredito em sorte. Anote, faça a meta, um plano de ação e vá para a execução. É nisso que eu acredito. Execute!
Próxima página

Megafono