Poder Feminino Podcast

O Poder Feminino é um podcast feito POR mulheres PARA mulheres e homens.
Eu, Carolina Chassot, vou bater um papo sobre diversos temas relacionados a política e feminismo por diferentes mulheres. 

Educação, Notícias e Política e Sociedade e Cultura

Assine:

Episódios

Além das hashtags

Após o americano George Floyd, homem negro de 46 anos, ter sido assassinado por um policial branco, os Estados Unidos têm enfrentado uma onda de protestos e despertado a atenção do mundo sobre a importância das vidas das pessoas negras e a violência policial. No Brasil, após a morte de João Pedro, menino negro de 14 anos, que foi morto por policiais dentro de casa, o Brasil também começou debater o racismo. Na internet, o mundo tem utilizado o movimento #BlackLivesMatter ou #VidasNegrasImportam, no português, como ferramenta de combate ao racismo e à violência policial. Como podemos fazer para ir além das hashtags? Qual a importância que a hashtag tem? Esse é o assunto do podcast de hoje, que tem como convidada Maria Eduarda Telles. 

De onde vêm minhas roupas?

São muitos escândalos envolvendo a industria de vestiário. Um caso bem conhecido é da fábrica de Bangladesh, que matou mais de mil pessoas. Após essa tragédia, muitos fabricantes de roupas começaram a repensar sua forma de produzir. Mas, qual essa forma? Quais foram as mudanças? Como é feita nossas roupas? Essas e outras perguntas iremos responder no podcast. A convidada do episódio é a designer de moda e criadora de conteúdo, Monique Lindmann.

Autoestima

É oficial: um dos assuntos mais delicados para conversar com alguém. em alguma fase da vida, vamos sofrer com algum problema de autoestima. Seja ela intelectual, financeira ou de aparência física. O que a gente precisa fazer é saber lidar com ela e entender que é um processo que se constrói diariamente. E o assunto de hoje é esse: autoestima!Para conversar comigo a jornalista e cantora, Mariana Bavaresco.

Emoções e a alimentação

Se estamos tristes, comemos. Se estamos felizes, comemos. Ansiosos, nervosos, para celebrar algo ou afogar as mágoas. Tudo acaba em comida. Com a evolução da sociedade, começamos a comer não apenas por necessidades, mas sim para satisfazer nossas emoções. Quando os bebês choram, nem sempre estão com fome, às vezes querem alguém perto, algum carinho e afeto. A partir do momento em que um dos pais oferece o alimento para confortar ou sossegar o bebê ou a criança, esse deixa de ter apenas o seu efeito nutritivo e ganha, também, um sentido emotivo. Então, desde muito cedo somos acostumados a confortar nossas emoções na comida. E o tema do podcast de hoje é esse: Emoções e a alimentação. Para conversar sobre o assunto a nutricionista Luana Masur.

Rivalidade feminina

Desde criança nós mulheres, fomos criadas pela sociedade para ver a outra mulher como uma rival. Se não é nossa amiga, nossas irmãs, a outra mulher é rival. Namorada de amigo, amiga de amiga, a menina nova na escola ou a nova colega de trabalho. A primeira reação que temos é ver ela como uma inimiga. Ainda bem que com a evolução da sociedade,o aumento de debates sobre feminismo, esse pensamento, aos poucos, tem mudado. Mulheres estão refletindo sobre o assunto e parando de ver a outra mulher desconhecida como uma inimiga e sim, vendo como aliada. E esse é o assunto do podcast de hoje: RIVALIDADE FEMININA. A convidada de hoje é a psicóloga Natália Marques.

Prazer feminino

Quando quando vemos uma menina com a mão na vagina a primeira reação de muitos é dizer para ela tirar a mão de lá, que é sujo, feio… O mesmo não é dito aos meninos. Com isso, para a maioria das mulheres, se tocar, se conhecer, é um grande tabu e muitas sequer sabem como fazer isso. Os meninos começam a se masturbar desde muito cedo, com 13 anos. Já a grande maioria das mulheres, começam a conhecer seu corpo depois dos 20 anos. E o assunto do podcast de hoje é Prazer Feminino. A convidada é Laís Freitas, Fisioterapeuta especialista em Fisioterapia Pélvica.

Desistir

Muitas vezes a gente vê o ato de desistir como um fracasso. Como uma derrota, algo que não conseguimos executar. Mas, têm algumas situações em que a gente precisa desistir. Claro, é muito mais fácil desistir quando se tem uma desculpa para isso. E como que a gente lida com o desistir por desistir? sem desculpa alguma? Apenas porque lutar por aquela coisa que almejamos já não faz mais sentido? Esse é o assunto do poder feminino de hoje. Para conversar comigo, Miriã Antunes, Relações Públicas, Empreendedora e Palestrante.

Como reinventar seu negócio

Com a crise do COVID-19 muitos negócios ficaram prejudicados.  Alguns donos de lojas, acharam como melhor saída, demitir seus funcionários, neste momento tão incerto. Todo mundo está preocupado com o futuro devido às incertezas./ Mas será de demitir é a saída? Esse é o assunto do programa de hoje: Reinventando seu negócio. Para falar sobre o assunto Mariana Machado, publicitária e empreendedora.

Saúde mental em tempos de pandemia

Mais de 400 mil pessoas infectadas em todo mundo. Em um mês o Brasil passou 2 mil casos. Fronteiras fechadas. Pessoas isoladas. Planos que agora são incertezas. O impacto de uma pandemia na saúde mental é grande. Este é o primeiro podcast do Poder Feminino. Eu, Carolina Chassot, como jornalista não poderia começar com outro assunto. Vivemos em um momento em que estamos sem esperança e perspectiva de voltar para vida normal. E nesta situação nossa saúde mental fica extremamente frágil. Então, o episódio de hoje é sobre saúde mental em tempos de pandemia. Para conversar comigo sobre esse assunto está a psicóloga Mara Gomes.

Megafono